O-P-Q - VivaJesusBr

A Trindade Santa e a Família Sagrada nos amam!
Estamos a 16 anos evangelizando! Obrigado! Janeiro mês do nosso aniversário!
Iniciado em: 15/01/2002
Neste endereço (domínio): 14/01/2006
Em 2018, novo visual!
Ir para o conteúdo
Beatos & Santos > Beatos > O-P-Q

BEATOS

  1. • Odorico de Pordenone ( 1265, Itália - 1331, França?) - 14/01 Nasceu na Villanova de Pordenome, Itália, no ano de 1265. Odorico ingressa na Ordem Franciscana, mas não para se fechar num convento. A sua missão era a de evangelizar, seja como na primeira fase de sua vica que vivia como eremita ou na segunda parte, quando parte para o oriente levando em sua bagagem a Palavra Divina, do Pai e do Filho. Lavava a vida com simplicidade desde a vestimenta, uma túnica marrom, não usava sapatos e sua alimentação consistia basicamente de pão e água. Viajou muito e por muito tempo, cerca de 33 anos.Passou pela Pérsia, Ormuz, Índia, Armênia, China. Neste último país foi a Zairton, cidade localizada ao sul. Nesta localidade Odorico realizou mais de vinte mil batizados e muitas outras conversões. Apesar de todo trabalho desenvolvido com eficiência lhe foi solicitado o retorno à Roma, onde deveria informar ao Papa a situação do Oriente. Odorico aproveitou o chamado para pedir mais missionários para atuarem naquele extenso país. Como veio caminhando levou cerca de dois anos para chegar a Veneza e de imediato foi até Avignon ao encontro do Papa, porém o destino lhe trouxe uma grave enfermidade. Acamado ele transmite ao superior do Convento de Pádua que havia lhe acolhido a sua missão junto ao Papa. Falece no Convento de Pádua, França, em 14 de janeiro de 1331, aos sessenta e seis anos de idade.
  2. • Ortiz Azueta (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com os Beatos Zacarias Abadia Buesa e Felipe Hernandez Martinez - 27/07


  1. • Pacífico (séc. VII, Itália - 1230, Bélgica) - 10/07 Nasceu em Marcas, na Itália, mas não pudemos identificar a data de seu nascimento, sabemos apenas que foi no início do séc. XII. Era trovador muito conhecido, quando aos 50 anos de idade foi convertido por Francisco de Assis (Santo). Já fazendo parte da Ordem é enviado a Paris em 1217, com a missão de implantar a Ordem Franciscana. Sua grande atuação fez com que fosse nomeado visitador das Clarissas. Compõe, em Assis, a sua maior obra, "O Cântico das Criaturas", quando Francisco, cego temporariamente, decide enviar frades a outras regiões do mundo, mas além de levar as Regras de Assis era vital que cantassem a nova canção. Pacífico vai para a Bélgica e lá canta nas ruas das cidades a sua música, fato que contribuiu para muitas conversões. Faleceu naquele país em 1230.
  2. • Patrício O'Lougham (?, ? - ?, ?) -Mártir juntamente com o Beato Connor O'Devany - 01/02

  3. Paul Favre-Miville (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com os companheiros Beatos Christian de Chergé*, Christophe Lebreton, Michel Fleury, Bruno Lemarchand, Celestin Ringeard e Luc Docher - XX/XX - Nasceu em local e data não identificados por nós. São monges trapistas de Tibhirine, Argélia. Faleceu, martirizado, em Tibhirine, Argélia, em data não identificada por nós. Foi Beatificado pelo Papa Francisco, em XXXX.
  4. • Paulo de Santa Clara (?, Japão - 1622, Japão) - Mártir - 06/11 Nasceu no Japão, em data não identificada por nós. Este nome foi adotado quando passou a trabalhar ao lado dos Franciscanos. Foi catequista de crianças, jovens e adultos. Era grande amigo de Apolinário Francisco (Beato) e com ele trabalhou prestando serviços de enfermagem em hospitais e nas casas dos doentes. Como Apolinário (Beato) tinha seu tempo muito ocupado, serviu de cozinheiro, foi sacristão e até faxineiro, pois para ele não havia empecilhos, o importante era servir a Deus Pai e Filho, e mais, seu maior sonho era tornar-se Franciscano. Quando a perseguição tomou forma e se tornou extremamente violenta Apolinário e os demais que moravam naquela casa foram detidos. No Cárcere Paulo pediu a Apolinário que fosse admitido como Franciscano na Ordem dos Frades Menores. Apolinário (Beato) concordou e lá mesmo, no interior da prisão realizou a cerimônia de acolhimento. O acolhimento se estendeu a outros irmãos que ali estavam detidos. Foi quando adotou o nome religioso de Frei Paulo de Santa Clara. Durante o período de encarceramento e aguardo do julgamento se dedicaram a formação espiritual, às orações, penitências e jejuns. Era muito comum vê-los orando em grupo, fato que acabou convertendo alguns dos guardas. No dia 02 de setembro de 1622, logo pela manhã foram transferidos para Omura e na tentativa de que renegassem a Fé foram colocados diante das autoridades. A ação não surtiu o efeito desejado, pois todos confirmaram a sua Fé em Deus Pai e Filho Foram então condenados e imediatamente levados para Nagasaki, ao monte dos Mártires. Durante o cortejo muitos ateus comemoravam a condenação e os insultavam, no entanto eram solidarizados pelos Cristãos que acompanhavam o cortejo. Faleceram martirizados, queimados vivos, amarrados a postes, naquele mesmo dia. Foi Beatificado pelo Papa Pio IX, no dia 07 de julho de 1867.
  5. • Paulo Tomaki (?1621, Japão - 1628, Japão) Mártir - Filho de João Tomaki - 13/08 Nasceu no Japão, provavelmente em 1621. João Tomaki, seu pai, foi convertido pelo frei Martinho de Ascensão (Santo e um dos primeiros mártires no Japão), quando também o hospedou em sua casa. João foi catequista, guia para os religiosos e tinha a ajuda dos filhos Domingos, 16, Miguel, 13, Tomás, 10 e Paulo, 7. Todos da família eram Terciários Franciscanos. Um grande amigo de João lhe ajudava muito no auxílio aos Cristãos, na sua proteção, por causa da perseguição, ele era João Imamura. Durante uma pregação foram descobertos e presos, todos, inclusive as crianças. Logo em seguida transferidos para Omura. Naquela prisão pode encontrar o amigo Domingos Castellet (Beato). Os dois puderam conversar e se fortalecer na Fé. No dia 08 de setembro de 1628, 22 dos presos foram transferidos para Nagasaki para serem martirizados, dentre estes estavam João e sua família. Um juiz tentou livrar os filhos de João, mas estes decidiram que ficaria ao lado do pai, mesmo porque eram Cristãos. Numa última tentativa, o juiz aproximou-se de Paulo e lhe oferecendo vantagens tentou que ele renegasse a sua Fé. O menino não só confirmou, mas também falou como colocou o juiz em situação difícil por causa de sua fala. Faleceram, martirizados, no dia 08 de setembro de 1628, João amarrado a um poste foi queimado vivo e seus quatro filhos decapitados. Paulo tinha 7 anos de idade. Foram Beatificados pelo Papa Pio IX, no dia 07 de julho de 1867.
  6. • Pedro Bonilli (1841, Itália - 1935, Itália) - 20/01 Nasce no dia 15 de março de 1841, na Itália. Tinha mais quatro irmãos menores, sendo uma família de classe média. Estudou no Colégio Lucarini, onde recebeu uma educação privilegiada e voltada para o Cristianismo. Após estudos é ordenado em 1863 presbítero de Terni e pouco tempo depois é nomeado pároco da Cannaiola, uma região pobre da Itália. Nsta paróquia exerceu o ministério por 35 anos. Durante este tempo fundou a Congregação das Irmãs da Sagrada Família que tinha a função de ajudar na catequese da comunidade que por ser muito pobre material e espiritualmente, local marcado também pela libertinagem, consumo de muita bebida alcoólica, jogatina etc. Utilizou de forma admirável os meios de comunicação local da época para divulgar as palavras de Deus Pai e Filho do Evangelho. Reestruturar a família era o seu principal objetivo, pois acreditava que se a família desse o exemplo as novas gerações seriam seguidoras. Em 1898 é nomeado para dois cargos: Cônego da Catedral de Espoleto e Reitor do Seminário. No Seminário pregou a grande importância da Sagrada Família, o seu estilo de vida quando da sua passagem pela Terra e o voto de pobreza característico de São Francisco de Assis. Falece aos 95 anos de idade, em 05 de janeiro de 1935. Foi Beatificado pelo Papa João Paulo II, em 24 de abril de 1988.
  7. • Pedro Cunill Padrós (?, ? - 1936, Espanha) – Padre e mártir juntamente com seus 50 companheiros, são eles, datas dos martírios - Dia 2 de agosto:- Beato (Padre) Felipe de Jesus Munárris Azcona*, Beato (Padre) Felipe de Jesus Munárriz Azcona (61 anos), Beato (Padre) Juan Diaz Nosti (56 anos), Beato (Padre) Leoncio Pérez Ramos (60 anos); Dia 12 de agosto:- Beato (Padre) Sebastián Calvo Martínez (33 anos), Beato (Padre) Pedro Cunill Padrós (33 anos), Beato (Padre) José Pavón Bueno (35 anos), Beato (Padre) Nicasio Sierra Ucar (45 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Wenceslao Claris Vilaregut (29 anos), Beato (Irmão) Gregorio Chirivás Lacambra (56 anos); Dia 13 de agosto:- Beato (Padre) Secundino Ortega García (24 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Javier L. Bandrés Jiménez (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Brengaret Pujol (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Antolín Calvo y Calvo (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Tomás Capdevila Miró (22 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Esteban Casadevall Puig (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Eusebio Codina Millas (21 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Juan Codinachs Tuneu (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Antonio Dalmau Rosich (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Juan Echarri Vique (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Pedro García Bernal (25 anos), Mártires de Barbastro Gabriel Campo, CMF 10, Beato (Estudante de Teologia)  Hilario Llorente Martín (25 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Ramón Novich Rabionet (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Mª Ormo Seró (22 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Salvador Pigem Serra (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Teodoro Ruiz de Larrinaga García (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Juan Sánchez Munárriz (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Manuel Torras Sais (21 anos), Beato (Irmão) Manuel Buil Lalueza (21 anos), Beato (Irmão) Alfonso Miquel Garriga (22 anos); Dia 15 de agosto:- Beato (Estudante de Teologia)  José Amorós Hernández (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Mª Badía Mateu (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Juan Baixeras Berenguer (22 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Blasco Juan (24 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Rafael Briega Morales (23 anos), Beato (Irmão) Francisco Castán Meseguer (25 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Luís Escalé Binefa (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Figuero Beltrán (25 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Ramón Illa Salvía (22 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Luís Lladó Teixidor (24 anos), Beato (Irmão) Flaviano Manuel Martínez Jarauta (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Luís Masferrer Vila (24 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Miguel Masip González (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Faustino Pérez García (25 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Sebastián Riera Coromina (22 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Eduardo Ripoll Diego (24 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Ros Florensa (21 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Francisco Roura Farró (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Alfonso Sorribes Teixidor (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Agustín Viela Ezcurdia (22 anos); Dia 18 de agosto:- Beato (Estudante de Teologia)  José Falgarona Vilanova (24 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Atanásio Viadaurreta Labra (25 anos). - 13/08 Nasceu em local e data não identificados por nós. Faziam parte da Comunidade Claretiana de Barbastro, Huesca, Espanha, quando ocorreu a perseguição aos religiosos cristãos, era o ano de 1936. Todos foram presos, julgados de maneira irregular e tendenciosa, condenados. As sentenças foram cumpridas em datas distintas para cada um dos grupos, vale destacar que uma exigência dos criminosos para não haver a execução era que a pessoa renegasse sua fé na Santíssima Trindade, condição que não foi aceita por nenhum dos condenados. Faleceu martirizado, por fuzilamento (primeiro grupo), em Barbastro, Huesca, Espanha, no dia 12 de agosto de 1936. Foram Beatificados pelo Papa João Paulo II, no dia 25 de outubro de 1992.
  8. • Pedro de Sena (?, Itália - 1289, Itália) - 03/12 Nasceu em Campi, região de Chianti, província de Sena, Itália, durante o séc. XIII. Era um jovem impulsivo e arrojado, de difícil lida, mas quando foi convertido seu comportamento passou a ser bem diferente. Quando adulto passou a fabricar pentes e outras utilidades. Casou-se em certa data, mas não pode ter filhos, pois era estéril. Fez então voto de castidade em comum acordo com sua esposa, mas esta opção não o impediu de ser um excelente esposo. Ele e sua esposa eram freqüentadores das liturgias, trabalhos e ofícios religiosos, além de ser grande nas ações caridosas. Também visitava o Hospital de Santa Maria. Algum tempo depois ingressou na Ordem Terceira de São Francisco, mas antes renunciou a tudo e a todos os bens terrenos. Em 1286 um grupo de pessoas da comunidade onde vivia o indicou para fazer a distribuição de dinheiro entre os pobres e miseráveis, o fez com dignidade e honestidade. Durante as reuniões no Convento, na presença de seus irmãos de Fé, entrava em êxtase. Era adepto da oração e contemplação. Teve sua saúde agravada e por esta razão passou a viver em sua cela no Convento Franciscano. naquele local usava as noites para orar ao Pai, Filho e a Santa Mãe Maria, de quem era grande devoto. Faleceu no dia 04 de dezembro de 1289.
  9. • Pedro de Treia (1225, Itália - 1304, Itália) - 20/10 Nasceu em Treia, uma antiga província romana chamada Macerata, em 1225. Desde pequeno admirava a Fé e a dedicação de São Francisco, por esta razão decide seguir seus passos. Ainda bem jovem entra para Ordem Franciscana e  com a pretensão de vivenciar as virtudes, as penitências e a vida de São Francisco de Assis. Decide mudar-se para o monte Alverne, onde São Francisco de Assis passara o seu Calvário e havia adquirido as mesmas chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo em razão da crucificação. Naquele local pode meditar, contemplar e orar, muitas vezes em êxtase teve visões. Como pregador teve no seu coração muitas conversões, muitas delas apenas através da confissão, mas também pela facilidade de se expressar e proferir as palavras Divinas. Já em Ancona, numa certa data, vai a Igreja para orar. Iniciou sua oração e contemplação, quando seu superior adentra a Casa de Deus e surpreso observa Pedro de Treia orando, mas não tocava com seus pés o chão, pois estava flutuando. Quando foi para o Convento de Forano, foi a vez de Pedro poder flagrar o que lhe havia acontecido, mas desta vez era seu irmão de Fé Conrado de Ofida quem recebia da Virgem santíssima em seus braços o Menino Jesus. Mais uma vez muda-se e agora para o Convento de Sirolo, onde vem a falecer. Faleceu no dia 19 de fevereiro de 1304, quando tinha 79 anos de idade. Foi Beatificado pelo Papa Pio VI, em 11 de setembro de 1793.
  10. • Pedro Donders (1809, Holanda - 1887, ?) - 14/01 Nasceu em 1809, num localidade ao sul da Holanda. Era o mais velho que seu irmão Martino. Foi uma criança muito doente e seu irmão era deficiente. Perde a sua mãe quando tinha seis anos, por esta razão é obrigado a abandonar seus estudos para ajudar o pai e cuidar de seu irmão. Tentou prestar o serviço militar, mas como tinha uma saúde muito frágil não foi aceito. Sua vocação segundo a tradição Católica era na verdade o Sacerdócio, porém mais uma vez a sua saúde fragilizada, o pouco estudo e a pobreza não lhe foi permitido seguir a sua vocação. Pedro era muito insistente e após muita conversa com o pároco da igreja que prestava serviços conseguiu a admissão  no seminário. No início foi admitido como um empregado com alguns privilégios. Foi ainda recusada a sua entrada nas ordens Jesuíta, Franciscana e Redentorista. Novamente depois de muita luta conseguiu ser admitido no Seminário Diocesano. procurando por ajuda o Prefeito Apostólico do Suriname e Guiana Holandesa visita o Seminário e Pedro é o único a se oferecer para a missão. Foi ordenado Sacerdote em 1841 e foi designado para Paramaribo, um ano mais tarde. Durante os catorze primeiros anos ficou responsável pela formação  dos Catequistas que o auxiliariam no futuro, na formação intelectual e religiosa das crianças, ao acompanhamento de seu rebanho e por fim, visitava as pastorais dos escravos da fazendas  holandesas. Uma população que pouco seguia condutas morais e religiosas, fossem brancos ou negros, condição que dificultava a aproximação e aumentava o trabalho e a dedicação de Pedro. Recebe em 1856 o encargo de cuidar da Pastoral dos Enfermos e ele se dedica com mais afinco e vontade aos leprosos da Batávia. Os enfermos eram mais de quatrocentos entre mulheres e homens de várias idades. Cuidar de pessoas com uma doença tão contagiosa e sem cura era um problema para a Igreja, pois a maioria dos Sacerdotes não permanecia no cargo mais de um ano. Pedro não apenas ultrapassou este tempo bem como se dedicava integralmente a estes enfermos e necessitados. Foram 31 anos ajudando estes miseráveis. Era pastor, enfermeiro, médico e sacerdote nos momentos finais de uma vida. Em 1865 os quatro Sacerdotes que trabalhavam na Pastoral, inclusive Pedro, receberam autorização para voltar à sua terra com a chegada de novos  Missionários Redentoristas ao Suriname. Dois destes Sacerdotes decidiram partir, mas Pedro não só ficou bem como solicitou e foi atendido o ingresso na Congregação  do Santíssimo Redentor e em 1867 professou os votos. Em 1886, no final do ano, Pedro visita pela última vez todos aqueles que ele cuidou, também atendeu as confissões, ofereceu a Santa Comunhão, ouviu e aconselho. Faleceu no no dia 14 de janeiro de 1887. Pedro falece em função de uma enfermidade renal. Apenas em 1982 foi comprovado um milagre por sua intercessão e o então Papa João Paulo II o consagrou Beato.
  11. • Pedro Fabro (?, França - 1546, Itália) - 02/08 Nasceu em Sabóia, na França em data ignorada por nós. Trabalhou até a adolecência cuidando dos rebanhos do pai. Com a ajuda de um tio sacerdote pode realizar estudos da Escola Sorbone, em Paris. Teve como orientador espiritual o sacerdote Inácio (Santo). Anos depois foi ordenado sacerdote. Nesta época celebrou a missa onde fizeram seus votos os seis primeiros Jesuítas. Todos durante a Missa fizeram votos de pobreza, castidade e de que iriam em peregrinação para a Terra Santa. Foi enviado em missão para a Alemanha, passou também por Portugal e Espanha. Quando do Concílio de Trento. Faleceu em 1546, em Roma, Itália. Foi Beatificado pelo Papa Pio IX, em 1872.
  12. • Pedro García Bernal (?, ? - 1936, Espanha) – Estudante de Teologia e mártir juntamente com seus 50 companheiros, são eles, datas dos martírios - Dia 2 de agosto:- Beato (Padre) Felipe de Jesus Munárris Azcona*, Beato (Padre) Felipe de Jesus Munárriz Azcona (61 anos), Beato (Padre) Juan Diaz Nosti (56 anos), Beato (Padre) Leoncio Pérez Ramos (60 anos); Dia 12 de agosto:- Beato (Padre) Sebastián Calvo Martínez (33 anos), Beato (Padre) Pedro Cunill Padrós (33 anos), Beato (Padre) José Pavón Bueno (35 anos), Beato (Padre) Nicasio Sierra Ucar (45 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Wenceslao Claris Vilaregut (29 anos), Beato (Irmão) Gregorio Chirivás Lacambra (56 anos); Dia 13 de agosto:- Beato (Padre) Secundino Ortega García (24 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Javier L. Bandrés Jiménez (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Brengaret Pujol (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Antolín Calvo y Calvo (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Tomás Capdevila Miró (22 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Esteban Casadevall Puig (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Eusebio Codina Millas (21 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Juan Codinachs Tuneu (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Antonio Dalmau Rosich (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Juan Echarri Vique (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Pedro García Bernal (25 anos), Mártires de Barbastro Gabriel Campo, CMF 10, Beato (Estudante de Teologia)  Hilario Llorente Martín (25 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Ramón Novich Rabionet (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Mª Ormo Seró (22 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Salvador Pigem Serra (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Teodoro Ruiz de Larrinaga García (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Juan Sánchez Munárriz (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Manuel Torras Sais (21 anos), Beato (Irmão) Manuel Buil Lalueza (21 anos), Beato (Irmão) Alfonso Miquel Garriga (22 anos); Dia 15 de agosto:- Beato (Estudante de Teologia)  José Amorós Hernández (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Mª Badía Mateu (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Juan Baixeras Berenguer (22 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Blasco Juan (24 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Rafael Briega Morales (23 anos), Beato (Irmão) Francisco Castán Meseguer (25 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Luís Escalé Binefa (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Figuero Beltrán (25 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Ramón Illa Salvía (22 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Luís Lladó Teixidor (24 anos), Beato (Irmão) Flaviano Manuel Martínez Jarauta (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Luís Masferrer Vila (24 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Miguel Masip González (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Faustino Pérez García (25 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Sebastián Riera Coromina (22 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Eduardo Ripoll Diego (24 anos), Beato (Estudante de Teologia)  José Ros Florensa (21 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Francisco Roura Farró (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Alfonso Sorribes Teixidor (23 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Agustín Viela Ezcurdia (22 anos); Dia 18 de agosto:- Beato (Estudante de Teologia)  José Falgarona Vilanova (24 anos), Beato (Estudante de Teologia)  Atanásio Viadaurreta Labra (25 anos). - 13/08 Nasceu em local e data não identificados por nós. Faziam parte da Comunidade Claretiana de Barbastro, Huesca, Espanha, quando ocorreu a perseguição aos religiosos cristãos, era o ano de 1936. Todos foram presos, julgados de maneira irregular e tendenciosa, condenados. As sentenças foram cumpridas em datas distintas para cada um dos grupos, vale destacar que uma exigência dos criminosos para não haver a execução era que a pessoa renegasse sua fé na Santíssima Trindade, condição que não foi aceita por nenhum dos condenados. Faleceu martirizado, por fuzilamento (primeiro grupo), em Barbastro, Huesca, Espanha, no dia 13 de agosto de 1936. Foram Beatificados pelo Papa João Paulo II, no dia 25 de outubro de 1992.
  13. • Pedro Gelambert Amer (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com os Beatos Constantino Carbonell Sempere e Raimundo Grimaltos Monllor  - 23/08
  14. • Pedro Rinscel (1588, Japão - 1626, Japão) - Mártir - 20/06 Nasceu no Japão, em 1588. Estudou no Seminário de Anima tornou-se catequista ao lado dos jesuítas. Passa a trabalhar em Anima com o Padre Francisco Pacheco na evangelização e catequização de seus conterrâneos. No ano de 1625 são denunciados e logo em seguida presos pelas forças governamentais que faziam forte perseguição aos Cristãos. São levados para a prisão de Scimabata, local onde são muito mal tratados, pois lhes eram servidos alimentos em quantidade escassa, a higiene não existia e a violência era extrema. Eram muitos os religiosos detidos e todos aproveitavam para rezar e pedir a Deus a sua benção, pois sabiam que seriam mortos. Na prisão Pedro foi admitido, por concessão especial, na Companhia de Jesus, pelo Padre Francisco Pacheco. São transferidos, por ordem do governador Cavaci, para Nagasaki e como eram muitos os religiosos e esperando resistência por parte da população, segue uma forte escolta. Todos são levados para a colina dos Mártires e amarrados a um tronco, são queimados vivos, lentamente. Foram mortos os seguintes religiosos: Padre Francisco (português), o Jesuíta Baltazar de Rorres (espanhol), o Jesuíta Batista Zola (italiano), o Jesuíta Vicente Carun (coreano), os Jesuítas João Kinsaco, Paulo Xinsuld e Miguel Tozo (japoneses) e ainda o irmão coadjutor Gaspar Sadamatzu (japonês). Faleceu, martirizado com seus irmãos de Fé em Cristo, no dia 20 de junho de 1626, Japão.
  15. • Pedro Soler (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com os Beatos Francisco Masabki, Carmelo Volta, Engilberto Kolland, Ascânio Nicanor, Emanuel Ruiz, Nicolau Alberga, Francisco Pinazo, João Tiago Fernandez, Francisco, Abdel-Mooti e o Rafael Masabki, todos de Damasco - 10/07
  16. • Pedro Tessier (?, ? - ?, ?) - Mártir juntamente com os Beatos Tiago Ledoyen e Francisco Peltier  - 05/01
  17. • Peregrino (?, ? - ?, ?) - Juntamente com o Beato Evangelista - 20/03
  18. • Peregrino de Falerone (?, Itália - 1223, Itália) - 07/09 Nasceu na região das Marcas, Itália, em data ignorada por nós. Filho de pais nobres e ricos pode estudar, quando concluiu direito canônico e filosofia. Este estudos lhe deu grande conhecimento das ciências sagradas e também das profanas. Seu ingresso na vida religiosa deu-se quando procurou Francisco de Assis. Desejou seguir uma vida humilde, prestando serviços modestos. Em certa data se retirava em Conventos isolados, sempre aqueles mais pobres. Decide fazer uma viagem para a Terra Santa. Na Terra Santa pode visitar os locais Santificados, sempre descalço e com sua Bíblia entre os braços. Por onde passava chamava a atenção das pessoas e muitas elas eram convertidas. Retornou à Itália e optou por viver em Mosteiros retirados que lhe proporcionavam a vida em oração, meditação e penitência, no entanto nunca conseguia se esconder, pois sua fama de Santidade era muito grande e por esta razão era muito procurado. Mudou-se definitivamente para o Convento de São Severino das Marcas. Faleceu em 1233, naquele local. Sua sepultura era muito visitada e foram declarados muitos milagres. Foi Beatificado pelo Papa Pio VII, em 31 de dezembro de 1821.
  19. • Pierre Claverie (?, ? - ?, Argélia) - Bispo e mártir de Orã (Argélia) - XX/XX - Nasceu em local e data não identificados por nós. Pertenceu à Ordem dos Frades Pregadores. Faleceu martirizado na Argélia, em data não identificada por nós.

Voltar para o conteúdo